24 abr

Vasco vence o Freguês e garante vaga na final do Carioca

44 mil pessoas em Manaus acompanharam de perto o que o resto do Brasil só viu pela TV, um Vasco dinâmico, superior e que nos faz acreditar a cada jogo que passa que somos, de fato, Gigantes. Apesar do bom retrospecto do Vasco sobre o Flamengo, nós, torcedores, preferimos adotar o discurso de cautela e que “nada está ganho”, afinal, o futebol é uma caixinha de surpresas. Até a bola começar a rolar, ninguém se atrevia a cantar vitória antes do tempo, Clássico dos Milhões é sempre um campeonato à parte. Mas, quando a redondinha começou a aparecer dentro de campo, tudo mudou. Percebemos que a final estava logo ali e que voltaríamos para São Januário com piadas sobre nosso freguês na mala. Dito e feito.

Andrezinho e Julio dos Santos comemoram primeiro gol - Foto: Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br

Andrezinho e Julio dos Santos comemoram primeiro gol – Foto: Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br

O jogo em si foi foi emocionante, o Vasco era quem ditava as jogadas de perigo na área rubro-negra e na nossa defesa, Martín Silva estava atento. O primeiro gol foi daqueles que você levanta três vezes da cadeira antes de soltar o grito de “gol”. Quase não entrava, mas entrou. Pela esquerda do gramado Riascos serviu de bandeja a bola para Nenê que chutou em cima do Wallace. O rebote sobrou para Andrezinho, que parecia estar predestinado para fazer o primeiro gol do Vasco, ele estava no lugar certo e só fez chutar, carimbando assim as redes do Urubu. Vasco 1 x 0.

O segundo tempo começou e aos 11 minutos veio o segundo gol do Vascão. Outro daqueles que novamente você fica no impasse se grita ou não grita o gol. Riascos, novamente ele, chutou e o goleiro do Flamengo espalmou, com isso, a bola bateu em Wallace e entrou. Gol contra e o juizão deu para REIascos, ou Riascos mesmo.

Sendo assim, o Vasco aguardou o final de Fluminense x  Botafogo e descobriu que irá encarar o time da estrela solitária na final do Campeonato Carioca. O Vascão pode ser bicampeão estadual, feito que não ocorre desde 1993.

28 fev

Classificados para a próxima fase, Vasco e Botafogo empatam em São Januário

Riascos - Vasco x Botafogo (Foto: André Durão)

Riascos x Emerson: duelo dos artilheiros do clássico em São Januário (Foto: André Durão)

Após 11 anos, o clássico alvinegro voltou a acontecer em São Januário. No primeiro tempo, o Vasco buscava o jogo e o Botafogo trabalhava bem a sua marcação. Aos 15 minutos, o atacante Riascos fez bela jogada pela direita, driblou dois e cruzou para Jorge Henrique, que cabeceou para fora. A melhor chance na primeira etapa veio aos 36, quando Riascos recebeu pela direita e, de canhota, bateu colocado. A bola passou raspando a trave. No fim do primeiro tempo, a torcida vascaína gritou o nome do técnico Ricardo Gomes, que comandou a equipe no título da Copa do Brasil em 2011. Ricardo agradeceu e a torcida aplaudiu.

Logo nos primeiros minutos da segunda etapa, o Botafogo teve boa oportunidade com Neilton, que viu Martín Silva fazer ótima defesa. A equipe cruz-maltina abriu o placar aos 15. Éder Luis ganhou de Diogo Barbosa, foi à linha de fundo e cruzou para Riascos que mandou para o fundo da rede. Vasco 1 x 0. Pouco antes do fim, Nenê quase amplia. Thalles ajeitou para o camisa 10, que de primeira deu um belo chute, que parou na trave. Aos 42, em cobrança de falta, Emerson deixou tudo igual. Vasco 1 x 1 Botafogo. A equipe alvinegra perdeu os 100% de aproveitamento e o atacante Riascos igualou a sua marca de gols com a de Fred. Os dois têm 6 gols no campeonato.

Vasco segue líder do Grupo A com 17 pontos. A próxima partida, será no domingo, às 17h (de Brasília), contra o Bonsucesso.

14 fev

Vasco derrota seu maior rival dentro do caldeirão vascaíno e se mantém lider com 100% de aproveitamento

Foto: Página oficial do Club de Regatas Vasco da Gama

Foto: Página oficial do Club de Regatas Vasco da Gama

O primeiro clássico do campeonato, dentro da casa do maior rival. Domingo, Vasco x Flamengo e, desta vez, o palco da partida foi São Januário. O clima era o esperado: muita ansiedade pela entrada das equipes em campo e muita rivalidade dentro e fora das arquibancadas. Infelizmente, houve quebra-quebra por parte da torcida rubro-negra dentro do banheiro dos visitantes.

Depois de 11 anos, os maiores do Rio voltaram a se enfrentar no caldeirão vascaíno. Na primeira etapa, o Vasco teve maior posse de bola e maior número de finalizações e mesmo assim, perdeu boas chances, principalmente, com Riascos e Julio dos Santos. A equipe até chegou a mandar a bola pra rede com Jorge Henrique, mas o gol acabou sendo anulado por impedimento. Já o Flamengo, só foi ter a sua melhor oportunidade aos 45 com Emerson Sheik. Durante os primeiros minutos, uma bomba foi arremessada em direção a torcida vascaína e a polícia teve que intervir com spray de pimenta.

Já na segunda etapa, o rendimento das duas equipes dentro de campo caiu por conta do forte calor. Porém, o cruzmaltino continuou tendo maior liberdade e as melhores chances com Nenê. Teve vento a favor da cobrança de falta, que bateu no travessão, e quase teve gol olímpico. Depois de tanto insistir e lutar para marcar um gol em cima do maior rival, aos 45, Nenê levantou a bola na área, Rodrigo ajeitou e Rafael Vaz, de primeira, lançou para o fundo do gol e garantiu a vitória. Vasco é líder do Grupo A com 12 pontos e 100% de aproveitamento. O próximo jogo será no próximo sábado contra o Tigres, às 19h30, em Xerém.

04 fev

Campeonato Carioca: Vasco vence e é líder isolado do Grupo A

 jogador Nene do Vasco comemora gol durante a partida entre América RJ e Vasco RJ valida pelo Campeonato Carioca 2016, no Estádio Giulite Coutinho em Mesquita (Foto: MARCELLO DIAS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO)

nê e Rodrigo comemoram gol na vitória sobre o América (Foto: MARCELLO DIAS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO)

Na noite desta quinta-feira, Vasco e América-RJ se enfrentaram pela 2ª rodada do Campeonato Carioca, em Edson Passos. Durante o primeiro tempo, a equipe cruzmaltina buscou manter a valorização da posse de bola, mas não teve grandes oportunidades de criação, porque esbarrou com a boa marcação armada pelo América. Aos 16 minutos, Madson sofreu pênalti e Nenê foi para a cobrança. O meia bateu com categoria e abriu o placar.

Sem poder de criação pelas duas equipes, a partida ficou tranquila até os 22 minutos da segunda etapa, quando Nenê fez bela jogada individual, lançou dentro da área e de voleio, o atacante Riascos fez 2 x 0. A posse de bola continuou com o Vasco e o domínio da partida aumentou. Leandro Aguiar, que substituiu Jean, chegou a descontar pro América, aos 32. Mas não demorou muito para equipe do técnico Jorginho agir novamente. Aos 40, Nenê deu mais uma assistência e achou o zagueiro Rodrigo livre na pequena área, que aproveitou para definir o placar. Vasco 3 x 1 América-Rj.

Com o resultado, o Gigante é líder isolado do Grupo A, com 6 pontos. A próxima partida, será contra o Volta Redonda, na próxima quarta-feira, às 19h30, em São Januário.

01 fev

Vasco estreia com goleada no Carioca

Na tarde deste domingo (31) o Vasco venceu o primeiro jogo oficial da temporada 2016. O ano promete ser de superação para o clube e nada melhor que estrear no Campeonato Carioca com vitória, jogando em casa diante a torcida. O adversário foi o Madureira, que apesar de estar em São Januário, não deu moleza ao Vasco e chegou a empatar a partida no primeiro tempo. Com o placar de 4×1, o Vasco deu a primeira alegria do ano aos cruzmaltinos.

Imagem: Site Oficial Vasco da Gama

Imagem: Site Oficial Vasco da Gama

Nos primeiros minutos do primeiro tempo, Nenê cruzou para Riascos que abriu o placar e levou a torcida ao delírio. Mas o time visitante não deixou barato e aos 15 minutos Daniel empatou. O Vasco teve outras oportunidades de aumentar o placar, como  a falta que Nenê cobrou e bateu na barreira. Apesar das oportunidades e uma certa soberania dentro de campo, os primeiros 45 minutos terminaram em empate.

Para a segunda metade do jogo, Jorginho fez algumas mudanças. Yago Pikachu estreou oficialmente com a camisa do Vasco entrando no lugar de Matheus Pet. Tranquilo na partida, o clube de São Januário marcou o segundo gol também nos primeiros minutos. Luan cruzou pela direta para Andrezinho que não teve demora e fez o gol de desempate. Apesar do esforço rival, o goleiro Martín Silva pouco trabalhou. Faltando 10 minutos para o apito final, Madson sofre falta e o juíz marca penalidade máxima. Nenê fez a cobrança e ampliou para o Gigante da Colina. Quando o goleiro adversário achava que não poderia levar mais nenhum gol, aos 46 minutos Riascos marca o segundo dele na partida e fecha a goleada. Vasco 4 x 1 Madureira.

O próximo confronto do Vasco será na quinta-feira contra o América. A partida acontecerá Às 19h no estádio Giuliete Coutinho.

FICHA TÉCNICA – VASCO 4X1 MADUREIRA
VASCO: Martin Silva, Madson, Luan, Rodrigo e Julio César (Bruno Gallo);  Julio dos Santos, Mateus Vital (Yago Pikachu), Andrezinho e Nenê; Jorge Henrique (Éder Luis) e Riascos. Técnico: Jorginho
Madureira: Rafael, Formiga, Daniel, Jorge Fellipe e Ernani; Ryan (Carlos Júnior), Everton e L. Chaves; Arthur, João Carlos (Gerley) e Maranhão. Técnico: Alfredo Sampaio
Cartão Amarelo: Daniel, Éverton e Ernani (Madureira)
Gols: Riascos (07’/1ºT e 45’/2ºT), Andrezinho (02’/1ºT) e Nenê (36’/2ºT) – Vasco / Daniel (15’/1ºT) – Madureira
31 mai

Vasco perde a primeira no Brasileirão

Na tarde do domingo (31) o Vasco enfrentou em Minas Gerais o Atlético-MG no Independência. Apesar do status de não ter perdido nenhuma no Campeonato Brasileiro da Série A em 2015, o time carioca não conseguia sair do empate nas partidas já disputadas. Contra o Galo mineiro faltou várias coisas para a equipe comandada pelo treinador Doriva, faltou inclusive balançar as redes adversárias e neutralizar o sistema ofensivo do adversário. O Vasco perdeu por 3×0 e já liga o sinal amarelo para o decorrer da competição.

 Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br

Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br

Os 20 primeiros minutos do jogo foram primordiais para decidir como seguia os 70 minutos restante. O Vasco sofreu o primeiro gol aos 11 minutos de bola rolando, após escorregão do zagueiro Luan, Thiago Ribeiro com a perna direira aproveitou e fez o primeiro para o Galo. Passados oito minutos, o Vasco tomou mais um gol, desta vez com Dátolo de cabeça. Quando a torcida vascaína já esperava pelo intervalo para o treinador corrigir as falhas do cruzmaltino, Thiago Ribeiro novamente manda a bola contra o gol do arqueiro Martín Silva. Atlético-MG 3 x 0 Vasco.

Durante o segundo o Vasco demostrou pouco querer amenizar o placar, tendo em vista que a virada seria algo realmente complicado naquela situação. O sistema ofensivo do Galo só não marcou mais vezes na segunda etapa do jogo por falhas na conclusão das jogadas. Agora o Vasco é o 16º colocado na tabela do Brasileirão, sendo obrigado a repensar o que está errado e tentar melhorar antes de enfrentar a Ponte Preta na próxima quarta-feira em São Januário, às 19h30.

 

22 mar

Pós-jogo: Flamengo 2 x 1 Vasco – Campeonato Carioca 2015

No dia internacional da água, a chuva chegou com tudo e deu o que falar neste domingo. O gramado do Maracanã virou um rio e a partida teve que ser paralisada. Mas, antes dessa paralisação, o Vasco estava com mais postura, mais vontade e aos 12 minutos teve a sua primeira chance, que não obteve sucesso. Aos 17 minutos, após um erro de saída de bola de Martín Silva, Alecsandro aproveitou para abrir o placar.

Fonte: Twitter oficial do Club de Regatas Vasco da Gama

A partir daí, a chuva só foi aumentando e aos 22 minutos, a partida teve que ser paralisada e as equipes tiveram que esperar 45 minutos para saber se voltaria a ter jogo ou se seria cancelado. Antes dos times voltarem para o campo, Dagoberto sentiu e deu lugar a Bernardo. O jogo voltou aos 23 minutos com o gramado muito melhor e com o Vasco ainda superior. Aos 28, Bernardo cobrou escanteio e Gilberto, de cabeça, deixou tudo igual.

Logo no início da segunda etapa, Guiñazu cometeu erro bobo que acabou sendo resultado de um pênalti para o adversário. Alecsandro toma posição e, aos 7 minutos, coloca o Urubu na frente mais uma vez. A partir daí, a vontade que a equipe vascaína mostrou na primeira etapa simplesmente sumiu. A reação não aparecia. O time começou a ficar nervoso. As jogadas não davam certo. Vendo o time do Flamengo todo pra frente, Doriva tinha que fazer alguma. E fez, mas as peças reservas do Vasco são limitadíssimas e não foram suficientes para mudar o placar.

Aos 36, a confusão tomou conta do jogo. Bernardo sofre falta de Paulinho, o jogador vascaíno vai pra cima do adversário, Anderson Pico agride Bernardo e quando a confusão fica maior, Guiñazu se exalta e vai pra cima dos mulambos. Resultado: Bernardo, Guiñazu, Paulinho e Anderson Pico foram expulsos. Se a confusão não tivesse começado após a falta, apenas o Paulinho teria sido expulso. Mas hoje é domingo, dia de um GRANDE clássico, em um grande palco e seria estranho se não houvesse algum desentendimento dentro de campo.

Fonte: @EDMACIELDESA

Moral da história: Vasco perdeu por conta de dois erros individuais e bobos. E um mega detalhe: A arbitragem não interferiu em nada. Um detalhe até BEM impressionante, principalmente, quando se trata de um Flamengo x Vasco.

08 fev

Com o gramado desgastado, Vasco perde os 100% de aproveitamento no campeonato

bernard_vascoxtigres_pedrokirilos-agglobo

Pela 3ª rodada do Estadual, Tigres e Vasco se enfrentaram, neste domingo, em Xerém. Em um primeiro tempo apático, a equipe vascaína foi a que levou perigo mais vezes. Até os 07 minutos, Martín Silva não havia sido exigido. Com o gramado bem escorregadio, a troca de passes não estava sendo la a das melhores. A partir dos 20 minutos, a partida ficou equilibrada e o Tigres começou a levar um certo perigo para a zaga vascaína. Aos 41, Marcinho cruzou, Madson tocou para Bernardo, que cabeceou e acabou perdendo a chance de abrir o placar mandando a bola na trave.

Aos 3 minutos da segunda etapa, após escanteio, a equipe da casa abriu o placar com Paulinho Guará,  e acabou com a invencibilidade da defesa vascaína. Dois minutos depois, houve a resposta imediata do time cruz-maltino, com Rafael Silva batendo de fora da área e fazendo um belo gol. Aos 8 minutos, Yago entrou no lugar de Montoya e Julio dos Santos no lugar de Lucas. Com isso, a intenção era botar o time mais pra frente. Após o empate, o ritmo do jogo ficou mais pegado. O Vasco, tentando a virada e o Tigres, tentando manter o placar, que no final foi bastante comemorado.

Na próxima rodada, o Vasco irá receber o Macaé, em São Januário, na quinta-feira(12/02) e só voltará aos gramados no dia 18/02, também em São Januário, contra o Barra Mansa.

06 fev

Mais uma vitória pro Vasco. Acompanhe o que rolou em Vasco 2 x O Madureira

A segunda rodada do campeonato levou o Vasco para sua casa. São Januário recebeu mais de 7 mil pessoas para acompanhar de pertinho a segunda vitória do Gigante da Colina.

Os gols foram marcados novamente por Bernardo e Marcinho um em cada tempo. Apesar da vitória, o time ainda não está deixando os torcedores tranquilos e confiantes para o restante do campeonato. Mais uma vez o time estava afobado em campo e errando trocas e passes muito bobos.

Diferente do primeiro jogo, neste o Martin Silva fez algumas defesas e evitou que os erros dos jogadores fizessem com que o Madureira empatasse. Por falar nisso, desde o gol do Bernardo logo no primeiro tempo, o Madureira não deu tranquilidade e chegou junto para buscar o empate.

20150205-2338-12-montoya

No segundo tempo o Vasco continuou errando passes bobos que levaram a torcida a vaiar o time durante o jogo. Ainda no início do segundo tempo, após uma cobrança de escanteio, Marcinho conseguiu desviar a bola direto dentro do gol do Madureira. Após o segundo gol, o time ficou mais tranquilo e por incrível que pareça errou menos.

E depois com a entrada de Marquinhos e Yago o time ganhou um pouco mais de velocidade, o suficiente para dar um fim de jogo tranquilo pro Vasco.

Sobre a tabela
O Vasco que terminou a primeira rodada em primeiro lugar, fechou a segunda rodada em segundo lugar com 6 pontos, igualado com o Fluminense, que garantiu o primeiro lugar pelo critério de desempate de mais gols.

O próximo jogo será no dia 08 contra o Tigres (8º lugar). Fique de olho no Vascalindas e acompanhe tudo sobre essa partida.

01 fev

Vasco inicia o campeonato com o pé direito. Pós-jogo: Cabofriense 0 x 2 Vasco

Quase 5 mil torcedores estiveram no Moacyrzão em Macaé e presenciaram o primeiro jogo tanto do Vasco quanto o do Cabofriense no Campeonato Carioca 2015.

O Vasco começou o jogo com muita jogada ensaiada e um time bem desenhadinho pelo Doriva. Mas apesar disso tudo, faltou força e objetividade nas finalizações. Com isso, o Cabofriense que estava somente na retranca começou a aparecer e pressionar o Vasco.

Ainda no primeiro tempo, muitos erros dos jogadores cruzmaltinos e o destaque de tranquilidade e jogadas feitas com a cabeça fria, foi para Marcinho. O time foi para o intervalo e parece que Doriva acertou alguns ponteiros com a equipe que retornou mais entrosada.

Autor do primeiro gol

Bernardo, autor do primeiro gol do Vasco. Foto: Carlos Gregório Junior

E depois de uma bela jogada, Montoya roubou a bola do Cabofriense, mandou no pé de Bernardo que com tranquilidade abriu o placar. 1 x 0 pro Vasco. O gol deixou o time mais tranquilo e com a cabeça fria para pensar nas jogadas. Enquanto isso, Martin Silva defendia um ou outro ataque (nenhum perigoso).

Marcinho depois de ter controlado o time no primeiro tempo, teve a chance de fazer o seu primeiro gol no Vasco e foi la e fez. Depois do segundo, o Cabofriense perdeu forças e o Vasco continuou tocando o jogo. Parabéns a todos, pelo início do campeonato com +3pts!