05 abr

Torcedora do Vasco conta sobre paixão herdada pelo avô

Sabe quando você já nasce tendo uma paixão por um clube, que passa de geração pra geração? Pois é, foi assim que aconteceu com a torcedora Estefani Celestino, de 17 anos, moradora do Rio de Janeiro. Mas tem um porém, ela poderia ter escolhido torcer para o seu maior rival, já que o seu pai é flamenguista. Mas não foi isso que aconteceu e ela contou tudo para o VASCALINDAS.

“Minha paixão pelo Vasco começou pelo meu avô, que foi jogador de futebol do mesmo. Então, a minha família toda é vascaína. Meu avô sempre foi apaixonado pelo Vasco. E foi assim que se iniciou a tradição para as próximas gerações, que dura até hoje por todos os meus tios e primos, inclusive a minha mãe. Todo mundo se viu apaixonado pelo Clube.” 

Sobre poder escolher torcer entre o cruzmaltino e o seu maior rival, ela diz que sempre esteve em contato com o cruzmaltino, já que a sua prima era jogadora de vôlei do mesmo. “Já comigo, eu tive a opção de escolher entre o Vasco e o seu maior rival, o Flamengo. Já que minha mãe é vascaína e meu pai é flamenguista. Só que eu escolhi torcer pro Vasco, porque eu assistia aos jogos pela televisão, torcia, me esgoelava, ia nos estádios, principalmente São Januário, e a minha prima era jogadora de Vôlei do Vasco, então eu sempre estive em contato com o Clube e o estádio.”

image Leia mais