07 out

Pós-Jogo Portuguesa 0 x 1 Vasco – Campeonato Brasileiro Série B

portuguesa-vasco-serie-b-vascalindas

O Vasco foi até São Paulo para enfrentar na noite desta terça-feira (07) a equipe da Portuguesa. Para a felicidade da torcida cruzmaltina, um dos meninos da Colina, o Jordi, guardou o gol vascaíno. Em contrapartida, a decepção ficou por conta do Maxi Rodriguez iniciar no banco, uma opção do técnico Joel Santana que não agradou muito. Os torcedores do Vasco deram um show à parte, completaram todo o espaço destinado aos visitantes e foi preciso ocupar parte da torcida dos donos da casa.

O  primeiro tempo foi morno, o Vasco não jogou o seu melhor  e o único jogador que fazia as jogadas de velocidade era o esforçado Lucas Crispim. Douglas Silva teve a oportunidade de mandar a bola para o gol da Lusa, mas o juiz já tinha dito o lance como impedido e acabou dando cartão amarelo para o zagueiro do Vasco pela continuidade do lance após o apito. Poucos minutos depois,  Marlon mandou um cruzamento pela esquerda para Douglas que não desperdiçou a oportunidade e fez o gol.

Para o segundo tempo o Vasco veio sem alterações, mas aos 15 minutos veio a mudança, Lucas Crispim saiu para a tão aguardada chegada do Maxi Rodriguez. Durante os primeiros 20 minutos o Vasco fez apenas uma ameaça ao gol da Lusa, confiante no placar que abriu no primeiro tempo.

O Vasco não mostrou superioridade em nenhum momento do jogo. Jordi fez uma boa partida e o Fabrício pareceu um figurante na partida, faltando 3 minutos para acabar o jogo foi substituído por Dakson.

O jogo terminou com o placar Portuguesa 0 x 1 Vasco. Com o resultado o Gigante da Colina passou  a ocupar o 2º lugar na tabela da Série B. O próximo jogo será contra o Boa Vista em São Januário na sexta-feira (10).

07 out

Pré-jogo: Portuguesa x Vasco – Série B

Data e local: 07/10/2014 – 21:50 – Canindé

Arbitragem: Árbitro – Arilson Bispo da Anunciação – BA (ESP-2)

Árbitro Assistente 1: Fabio Pereira – TO (FiFA)

Árbitro Assistente 2: Adson Marcio Lopes Leal – BA (CBF-1)

Quarto Árbitro: Marcelo Pietro Alfieri – SP (CBF-2)

Delegado Marcio Verri Brandao – SP (ASS)

Prováveis escalações: Portuguesa: Rafael Santos; Arnaldo(Maycon), André Astorga, Brinner e Jean Mota; Renan, Diogo Orlando, Allan Dias e Léo Costa(Gabriel Xavier); Jânio(Alemão) e Bruno Morais. Técnico: Vagner Benazzi.

Vasco: Jordi; Diego Renan, Rodrigo, Douglas Silva e Lorran; Guiñazu e Fabrício(Pedro Ken); Dakson(Maxi Rodriguez), Douglas, Lucas Crispim(Edmílson) e Kléber. Técnico: Joel Santana.

Fonte: Netvasco

12 set

Pós-jogo: Portuguesa 2 x 0 Vasco – Brasileirão 2013

O jogo começou quente. Prejudicada pela arbitragem na última rodada, contra o Grêmio, a Lusa teve um pênalti não marcado logo de cara, de Jomar em Gilberto. Com volume muito maior, porém, não demorou a chegar ao seu gol. Diogo aproveitou a bobeira de Nei e Willie, avançou pela esquerda e deixou Correa livre para marcar, aos 11. A pressão fez efeito, mas a partir daí o time de Guto Ferreira recuou para apostar nos contragolpes, que não encaixaram.

O Vasco decidiu pôr a bola no chão quando já estava em desvantagem, só que esbarrou na eficiente marcação do adversário. Abuda e Fillipe Soutto erraram alguns passes e lançamentos, irritando os companheiros e desperdiçando lances. Ainda assim, André teve duas grandes chances de empatar, mas falhou na hora H – aliás, uma tônica de seu desempenho na partida. Marlone também chegou perto, em chute da entrada da área que raspou a trave.

A Lusa botou um gás maior no início da etapa final. Por outro lado, com Juninho no lugar de Wendel, a equipe carioca deu a impressão de que distribuiria o jogo com mais calma. Tanta calma que pouco chegou à meta da Portuguesa. Willie estava mal, Marlone sumiu na ponta esquerda, erros e disputas ríspidas se sucederam. Enquanto isso, à medida que o tempo correu, Diogo passou a lutar praticamente isolado na tentativa de manter o dono da casa no ataque. 

E foi de Diogo, mais uma vez, a assistência para o gol que definiu o duelo. Em contra-ataque, Luís Ricardo achou o atacante nas costas de Yotún, e ele rolou para Gilberto só escorar, aos 30. De nada adiantaram as substituições de Dorival. Edmílson e Tenorio foram a campo, o Vasco se expôs, mas cansou de perder na bola áerea, sua maior arma. Até os últimos minutos, Lauro se tornou o principal personagem, com defesas e boas saídas, assegurando o 2 a 0.

Fonte: GloboEsporte.com

26 mai

Pós-jogo: Vasco 1 x 0 Portuguesa – Brasileirão 2013

Será que podemos dizer que iniciamos o campeonato com o pé direito? Acho que ainda é muito cedo para isso. Temos muito o que trabalhar para conseguirmos ter um time razoável e que possa vencer os outros grandes.

Ontem, o Vasco tinha que vencer ou vencer. Era obrigação! Conseguimos os três pontos, mas não podemos nos acomodar. Ainda faltam algumas mudanças. O equatoriano Tenório que fez o gol. O demolidor, que sofria com uma sequência de lesões, hoje, está conseguindo se estabilizar dentro de campo, está conseguindo se manter e ajudar o time.

Foi só a primeira batalha. O grupo precisa do apoio dos torcedores mais do que nunca. O momento não é fácil e a torcida é extremamente importante nessas horas. Aos poucos, o time vai se encaixando. A cada partida, alguns jogadores vão mostrando o seu potencial. Vamos torcer para os reforços chegarem e mostrem o seu potencial da mesma forma.

25 mai

Pré-Jogo Vasco x Portuguesa – Campeonato Brasileiro 2013

Nem consigo acreditar que finalmente vou matar a saudade do meu Gigante em uma partida oficial!
Hoje tem SeleVasco com direito a lançamento do novo uniforme em comemoração aos 115 anos do Vascão e tudo mais!

Vamos ao Pré-Jogo de hoje?

DATA E LOCAL: 25/05/2013 – 18:30 – São Januário

PROVÁVEL ESCALAÇÃO VASCO: 1-Michel Alves; 2-Elsinho, 14-Luan, 33-Renato Silva e 6-Yotún; 84-Sandro Silva, 21-Fellipe Bastos, 87-Dakson e 27-Alisson; 7-Eder Luis e 11-Tenorio. Técnico: Paulo Autuori.

PROVÁVEL ESCALAÇÃO PORTUGUESA: Glédson; Luís Ricardo, Valdomiro, Lima e Rogério; Corrêa, Ferdinando, Matheus e Souza; Diogo e Romão. Técnico: Edson Pimenta.

ARBITRAGEM: Arbitro Elmo Alves Resende Cunha (GO)
Arbitro Assistente 1 Cristhian Passos Sorence (GO)
Arbitro Assistente 2 Joao Patricio de Araujo (GO)
Quarto Arbitro Bruno Arleu de Araujo (RJ)
Arbitro Assist Adic 1 Rodrigo Nunes de Sa (RJ)
Arbitro Assist Adic 2 Pathrice Wallace Correa Maia (RJ)
Assessor Jose C Santiago Andrade (RJ)

TRANSMISSÃO:
TV ABERTA (ao vivo):
– Não haverá transmissão

TV FECHADA:
– Não haverá transmissão ao vivo
– Sportv 2 (VT completo às 23h de sábado, 25/05)

PAY PER VIEW:
– Premiere FC (ao vivo para todo o Brasil)
– Premiere 24h (VT completo à 0h de domingo, 26/05)
– Premiere 24h (VT completo às 8h de domingo, 26/05)

EXTERIOR (apenas canais brasileiros):
– PFC Internacional (ao vivo)
– Não está programada a exibição de VTs completos ou compactos

FONTES: CBF, NETVASCO

27 mai

Portuguesa 0x1 Vasco

alecsandro vasco bicicleta gol portuguesa (Foto: Miguel Schincariol / Agência Estado)

alecsandro vasco bicicleta gol portuguesa (Foto: Miguel Schincariol / Agência Estado)

No primeiro tempo, a Portuguesa começou tomando a iniciativa de ataque, mas aos poucos o Vasco ia equilibrando o jogo. E aos 21 minutos, Éder Luis e Fagner, fizeram uma linda tabela. O lateral foi derrubado por Raí, mas levantou, conseguiu novamente a posse de bola e fez o cruzamento para a área.  Alecsandro estava lá, só esperando a oportunidade e foi aí que o gol saiu. O camisa 9 fez um golaço de bicicleta que entrou no lado direito do goleiro Gledson.  Leia mais