24 abr

Vasco vence o Freguês e garante vaga na final do Carioca

44 mil pessoas em Manaus acompanharam de perto o que o resto do Brasil só viu pela TV, um Vasco dinâmico, superior e que nos faz acreditar a cada jogo que passa que somos, de fato, Gigantes. Apesar do bom retrospecto do Vasco sobre o Flamengo, nós, torcedores, preferimos adotar o discurso de cautela e que “nada está ganho”, afinal, o futebol é uma caixinha de surpresas. Até a bola começar a rolar, ninguém se atrevia a cantar vitória antes do tempo, Clássico dos Milhões é sempre um campeonato à parte. Mas, quando a redondinha começou a aparecer dentro de campo, tudo mudou. Percebemos que a final estava logo ali e que voltaríamos para São Januário com piadas sobre nosso freguês na mala. Dito e feito.

Andrezinho e Julio dos Santos comemoram primeiro gol - Foto: Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br

Andrezinho e Julio dos Santos comemoram primeiro gol – Foto: Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br

O jogo em si foi foi emocionante, o Vasco era quem ditava as jogadas de perigo na área rubro-negra e na nossa defesa, Martín Silva estava atento. O primeiro gol foi daqueles que você levanta três vezes da cadeira antes de soltar o grito de “gol”. Quase não entrava, mas entrou. Pela esquerda do gramado Riascos serviu de bandeja a bola para Nenê que chutou em cima do Wallace. O rebote sobrou para Andrezinho, que parecia estar predestinado para fazer o primeiro gol do Vasco, ele estava no lugar certo e só fez chutar, carimbando assim as redes do Urubu. Vasco 1 x 0.

O segundo tempo começou e aos 11 minutos veio o segundo gol do Vascão. Outro daqueles que novamente você fica no impasse se grita ou não grita o gol. Riascos, novamente ele, chutou e o goleiro do Flamengo espalmou, com isso, a bola bateu em Wallace e entrou. Gol contra e o juizão deu para REIascos, ou Riascos mesmo.

Sendo assim, o Vasco aguardou o final de Fluminense x  Botafogo e descobriu que irá encarar o time da estrela solitária na final do Campeonato Carioca. O Vascão pode ser bicampeão estadual, feito que não ocorre desde 1993.

31 mai

Vasco perde a primeira no Brasileirão

Na tarde do domingo (31) o Vasco enfrentou em Minas Gerais o Atlético-MG no Independência. Apesar do status de não ter perdido nenhuma no Campeonato Brasileiro da Série A em 2015, o time carioca não conseguia sair do empate nas partidas já disputadas. Contra o Galo mineiro faltou várias coisas para a equipe comandada pelo treinador Doriva, faltou inclusive balançar as redes adversárias e neutralizar o sistema ofensivo do adversário. O Vasco perdeu por 3×0 e já liga o sinal amarelo para o decorrer da competição.

 Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br

Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br

Os 20 primeiros minutos do jogo foram primordiais para decidir como seguia os 70 minutos restante. O Vasco sofreu o primeiro gol aos 11 minutos de bola rolando, após escorregão do zagueiro Luan, Thiago Ribeiro com a perna direira aproveitou e fez o primeiro para o Galo. Passados oito minutos, o Vasco tomou mais um gol, desta vez com Dátolo de cabeça. Quando a torcida vascaína já esperava pelo intervalo para o treinador corrigir as falhas do cruzmaltino, Thiago Ribeiro novamente manda a bola contra o gol do arqueiro Martín Silva. Atlético-MG 3 x 0 Vasco.

Durante o segundo o Vasco demostrou pouco querer amenizar o placar, tendo em vista que a virada seria algo realmente complicado naquela situação. O sistema ofensivo do Galo só não marcou mais vezes na segunda etapa do jogo por falhas na conclusão das jogadas. Agora o Vasco é o 16º colocado na tabela do Brasileirão, sendo obrigado a repensar o que está errado e tentar melhorar antes de enfrentar a Ponte Preta na próxima quarta-feira em São Januário, às 19h30.

 

15 nov

Pós Jogo – Ceara 2 x O Vasco – Série B

É! Não está fácil para o Vasco e nem para a torcida, que não tem mais de onde tirar forças para torcer, mandar pensamentos positivos e aguentar zoações sobre a possível subida para série A ou permanência na série B. Agora acabou, matematicamente é impossível o vasco ser campeão da série B, o que é uma vergonha para um time do tamanho do nosso.

O Vasco continuou com seus 59 pontos e o acesso para série A, precisa vir na próxima rodada, faltam apenas 3 jogos. E mais importante que o último jogo contra o Avaí no Ressacada são os dois jogos no Rio, dia 18 em São Januário e 22 no Maracanã.

Foto: Site Oficial do Ceara

Foto: Site Oficial do Ceará

O Ceará fez os dois gols logo no primeiro tempo, com lances de bola parada. O primeiro gol foi irregular, mas isso não justifica, já que o Vasco se apresentou de forma fraca em campo, durante toda a partida. As raras chances de aproximação da área do adversários, não tiveram sucesso por erros bobos do time carioca. Com a saída de Maxi e entrada de Edmilson, o atacante fez o goleiro do Ceará ter um pouco de trabalho, tudo o que o time inteiro não tinha oferecido.

E agora? O que esperar? Vocês acham certo depositar na torcida a vitória e a subida do Vasco? Deixem suas opiniões!

14 set

Em jogo morno o Vasco deixa escapar a liderança da segundona

Fotos: Marcelo Sadio/Vasco.com.br

Na tarde do sábado (13) o Vasco foi até Brasília para enfrentar o Atlético-GO em uma partida válida pela 22º rodada da Série B. O empate soou um pouco amargo para os cariocas, que dispensou a oportunidade de dormir na liderança. No final do primeiro tempo o Vasco abriu o placar com gol do artilheiro Edmílson e atuação excepcional de Maxi Rodriguez, mas o segundo tempo não foi um dos melhores. O Vasco se acomodou com o resultado, baixou a guarda e deixou o Atlético-GO fazer o gol de empate.

Os ingressos para o jogo custaram cerca de R$ 100,00 reais, fator crucial para afastar o torcedor do estádio. Pouco menos de 8 mil pagantes marcaram presença no Mané Garrincha, estádio que ainda não trouxe boas novas para o Vasco.

Com o resultado o Vasco ficou em 3º lugar e se a Série B acabasse hoje, o Gigante da Colina estaria na Série A de 2015.